• Pedro Ribeiro

Como a observação de aves é essencial à saúde de seus relacionamentos.

Atualizado: 3 de jun.

Se você ainda não vivenciou uma experiência inesquecível com alguém especial por meio da observação de aves, a mensagem que te entrego aqui vai agregar nos relacionamentos mais importantes de sua vida.


Há quem diga que não tem com quem passarinhar e agora existe a possibilidade de você estar passando por essa situação.


Porém, isso tende a mudar com as orientações deste artigo.




A observação de aves é um estímulo para criar novas amizades, fortalecer laços familiares e manter relações amistosas entre as pessoas mais queridas de nossas vidas.


É possível até mesmo reestabelecer vínculos de afeto que por algum motivo chegou a se deteriorar depois de um atrito.


Pode ser que você se familiarize com a cena de um filme que vou citar e te digo como esta situação também aconteceu em minha vida


Há uma obra norte americana de comédia com tema central no birdwatching. Trata-se do The Big Year (O Grande Ano).


Em um dos enredos da história, o ator principal (Brad Harris) lidava com um grave conflito com seu pai (Raymond Harris), por não apoiá-lo na realização do seu sonho: vivenciar um Grande Ano observando o maior número de aves possíveis.


Na trama, Raymond quer sabotar este sonho de Brad quase que o tempo todo, ao tentar convencê-lo de que essa ‘’fantasia’’ era perca de tempo.


Este conflito é desenrolado no decorrer do filme, até que, em um momento de susto na situação da saúde do pai, há uma reaproximação. Durante a recuperação de Raymond, eles resolvem fazer uma passarinhada juntos (corujada para ser mais exato).


Nesta busca, para encontrar o ser alado, os dois criam um laço forte com base em uma experiência marcante. A cena é emocionante no momento em Raymond encontra a coruja-cinzenta (Strix nebulosa).


Após este capítulo no relacionamento dos dois, há um afeto por parte do pai em relação a esta atividade e o sonho de Brad.

Este caso pode até ser fictício por se basear em uma obra cinematográfica, porém, a situação é evidenciada diariamente em boa parte, se não na maioria das famílias.


Há falta de momentos marcantes, vivenciar o memorável que reforça os laços entre as pessoas mais queridas em nossas vidas.


Isso também já aconteceu comigo.


Quando decidi, que de alguma forma iria viver fotografando a natureza como profissão. Fui muito criticado por minha mãe, além de não me apoiar, ela tentou sabotar este desejo o tempo todo, pois: “o mais seguro é arrumar um emprego que garanta estabilidade”, ela dizia.


Isso mudou quando a convidei para vivenciar aquilo que escolhi como profissão. Foi em 2020, um ano após queimar todas as pontes com outros trabalhos e seguir em direção ao que realmente desejava.


Desde então, sempre que a encontro, os principais assuntos são: passarinhos, trilhas e serras.


Detalhe: A primeira serra que minha mão subiu foi em 2020, assim como a primeira trilha, a primeira passarinhada e primeiro nascer do sol.


Às vezes, para reestabelecer um laço importante você só precisa de uma passarinhada.


Esta experiência será a ponte para que possam haver recordações e lembranças afetuosas entre os relacionamentos mais importantes de sua vida.


A natureza conecta.


A natureza cura.


A natureza fortalece e entrelaça.


Observar aves é quase que sinônimo de alegria e boas emoções. Aquela sensação de ver o sorriso no rosto de quem amamos ao encontrar um passarinho não tem preço.


Convido você a refletir sobre sua abordagem no assunto com as pessoas.


A partir do momento que mostrar a elas o que te encantou nesta prática, pode despertar o interesse de aderir a atividade e até o desejo de te acompanhar na próxima passarinhada.


Aqui vai uma dica importante: falar sobre o que te cativou é diferente de falar sobre você. As pessoas estão constantemente interessadas em falar sobre elas mesmas, portanto, se atente a encontrar o momento de abordar o assunto de forma que agregue na vida de quem deseja convidar.


A observação de aves é uma excelente ferramenta para amenizar o estresse e a ansiedade, pode também ser um incentivo às caminhadas e visitas em parques ou praças. Ao identificar essas janelas, estará diante de uma oportunidade para tocar no assunto.


Quem sabe, pode ser o próximo programa para o final de semana.


Fortalecer nossos laços por meio do encantamento com as aves, é talvez, o caminho mais eficiente para dedicar-se a vivenciar momentos marcantes e afetuosos. Digo pelas minhas próprias experiências e não por acaso você verá o termo Terapios em nossas mensagens.


Experimente realizar saídas com pessoas queridas e veja a mágica acontecer. Seja para restabelecer um relacionamento enfraquecido ou para reencontrar alguém que te causa saudades.


De coração para coração, desejo que você possa, junto dos passarinhos, usufruir de relacionamentos saudáveis e amistosos entre as pessoas mais importantes em sua vida.


Lembre-se, uma vez passarinheiro(a), para sempre passarinheiro(a).

Se você deseja incentivar alguém a conhecer a prática do birdwatching, compartilhe este artigo com a pessoa que quer passarinhar. Mostrar este tipo de conteúdo é o primeiro passo para ter contato com O Poder das Aves de nos aproximar .


Também fica o convite de inscrição, para quem está em nosso blog pela primeira vez e deseja receber mais conteúdos como este, assim como, notificações para os vídeos do Youtube e e-mails exclusivos.


Até breve.

94 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo